Geral

Guia do Partnership [I]: o que é e por que preciso?

Guia do Partnership [I]: o que é e por que preciso?

Finalmente o partnership! Depois de muitos pedidos, inicio hoje uma série de artigos sobre um dos temas mais buscados pelos empreendedores: o partnership e as estratégias para retenção de talentos. Para não perder nenhum artigo, é só me adicionar no Instagram (clique aqui!). Se gostou, dá uma força e compartilha! Boa leitura! Vi recentemente em uma rede social que as profissões do futuro se resumirão à seguinte fórmula: Profissão = área de atuação + matemática + programação Para os mais tradicionais e céticos, isso é Continue lendo

O que é Startup?

O que é Startup?

Fala galera! Como estão? Para ter uma startup eu preciso ser um nerd? Trabalhar com tecnologia? Estar em uma garagem? Desenvolver um software? Muita gente pensa assim. Por isso, o vídeo de hoje tem um objetivo simples: explicar o conceito de startup de uma forma fácil, para que qualquer pessoa entenda e não fique mais com a pulga atrás da orelha quando ouvir esse termo. Para isso, faço uma abordagem sobre três visões: a de mercado, a cultural e a jurídica. Um ótimo vídeo para Continue lendo

Prevenção ao coronavírus por startups: o que fazer?

Prevenção ao coronavírus por startups: o que fazer?

A prevenção ao coronavírus e suas consequências econômicas para as startups devem ser uma preocupação primordial para todo empreendedor que queira sobreviver após o fim desse ciclo. Por isso, eu, Lucas Bezerra, preparei esse artigo compilando algumas medidas que podem ser adotadas pelos empreendedores para mitigar os efeitos da pandemia em seu negócio. O surto do coronavírus surgiu no início de 2020 como uma catástrofe para milhões de empresas e trabalhadores. A ordem do confinamento em prol da saúde pública (e de milhares de vidas) Continue lendo

Alvará e licença: agora é possível empreender sem!

Alvará e licença: agora é possível empreender sem!

Alvará, licenças e idas e vindas a entes públicos, com inúmeras documentações para abrir um negócio. Será que essa realidade está próxima de acabar? Quem acompanhou as mudanças recentes na legislação que tratam sobre empreendedorismo, com certeza se recorda da Medida Provisória n.º 881/2019, chamada de “Declaração de Direitos da Liberdade Econômica” (saiba mais em nosso site), que regulamentou alguns tópicos referentes a proteção à livre iniciativa e à liberdade de exercício da atividade econômica. Uma das principais mudanças implementadas pela norma foi a previsão, como consequência do direito Continue lendo

Marca, razão social e nome fantasia: quais as diferenças?

Marca, razão social e nome fantasia: quais as diferenças?

A propriedade intelectual e industrial é sempre um tema de muito interesse aos que exercem atividade empresarial. E o motivo principal é o fato de que essa nova era tecnológica tem como principal ativo das empresas os intangíveis (aqueles sem existência física), tais como marcas e softwares. E a garantia da titularidade desta criação intelectual se dá pela propriedade industrial. Por força do art. 2º da Lei Federal n.º 9.279/1996 (Lei de Propriedade Industrial), a marca é uma das modalidades de propriedade industrial, juntamente com as patentes, Continue lendo

QBBCast #7: os 5 erros mais comuns na escolha de sócios

QBBCast #7: os 5 erros mais comuns na escolha de sócios

Fala galera, tudo bem com vocês? No 7º episódio da 1ª temporada do QBBCast, eu, Lucas Bezerra, abordei os cuidados necessários na montagem do quadro societário de empresas, um dos temas mais relevantes para o sucesso corporativo de startups e negócios tradicionais. Caso você tenha interesse no tema, basta acessar o podcast do QBB Advocacia, clicando AQUI!

QBBCast #3: O Marco Legal das Startups

QBBCast #3: O Marco Legal das Startups

Fala pessoal, tudo bem com vocês?! Dando continuidade com as publicações sugeridas pelos seguidores em nosso instagram (@direitoparastartups), hoje vamos tratar sobre o Marco Legal das Startups! E deixo meus agradecimentos a Cristine Becker (@cristinebeckerd) pela sugestão extremamente pertinente e oportuna! Afinal, o tema está circulando nos principais portais de notícias do Brasil, dada a sua relevância! Você pode ler mais sobre o assunto na Folha de São Paulo, Startse ou no próprio site da Câmara dos Deputados. Porém, dessa vez, vamos discutir a proposta Continue lendo

Colocando a startup no mundo real: quais os primeiros passos do jurídico?

Colocando a startup no mundo real: quais os primeiros passos do jurídico?

Fala pessoal, tudo bem com vocês? Espero que sim! Essa semana, perguntei em nosso Instagram (@direitoparastartups, aproveita e segue lá!) quais temas gostariam que abordássemos em nossos próximos artigos. Recebemos muitas sugestões bacanas, que vamos tratar aos poucos aqui em nosso blog. Desde já, agradeço demais a participação de vocês! E para começar, vamos abordar o tema levantando por Heverton Bezerra (@heverton_bezerra), que fez a seguinte pergunta: quais os primeiros passos para tirar a ideia do papel e começar a minha startup? Essa é uma Continue lendo

Quando devo formalizar o meu negócio?

Quando devo formalizar o meu negócio?

Olá pessoal! Depois de um tempinho afastado do blog, voltamos a nossas atividades com muito conteúdo! E para começar, vamos tratar de um assunto muito importante: em que momento regularizar minha atividade! Boa leitura! Uma das dúvidas mais comuns que surge entre os empreendedores se trata da formalização do negócio. Dentre delas, duas são as mais frequentes: quando formalizar meu negócio? E como formalizar o negócio? Hoje, abordarei o primeiro questionamento, uma vez que, por sua natureza, ele precede aos demais. Formalizar uma atividade, por mais natural que pareça, Continue lendo

Prevenção jurídica é mesmo importante para as startups?

Prevenção jurídica é mesmo importante para as startups?

Será que a prevenção legal é mesmo importante para a minha startup? Vesting, advisors, boards, cliff, stock options, venture capital… Muito provavelmente, você nunca escutou esses termos. Mas não estranhe se vier a ouvi-los com uma frequência cada vez maior. Isso porque essas palavras, muito utilizadas no direito empresarial e tecnológico, vêm se difundindo junto com o crescimento das startups no Brasil. A própria concepção de “startup” é recente. Sua popularização nas universidades nacionais e centros de inovação ocorreu há menos de dez anos, estimulada Continue lendo